Com Infraestrutura, Mestre e Doutores que te levarão ao melhor caminho para o Sucesso ! Recursos Multimídia, Climatização, Acessibilidade e Conforme ideiais para se Ambiente de Aprendizagem




Uma História que começou muito antes da própria Faculdade FAPSS

Introdução do Serviço Social em São Paulo e no Brasil

A Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul (FAPSS – SCS), comemora 50 anos de fundação e sua história sempre esteve interligada com o desenvolvimento do curso de Serviço Social, no Brasil. Esta faculdade se originou para preencher uma lacuna na cidade de São Caetano, que era a ausência de uma faculdade, e ao longo dos anos, tornou-se uma instituição sólida e independente, se tornando referência na formação de assistentes sociais na região. Ao completar 50 anos, a FAPSS – SCS, olha para trás, e contemplando a sua história, constata com satisfação que está diante de uma história construída por personagens idealistas, sonhadores, cheios de emoção, coragem e determinação. Muitos dos alunos da FAPSS-SCS se tornaram profissionais marcantes no cenário político e social da cidade, do país, e também do exterior, o que é motivo de orgulho para essa renomada instituição. Por todas as lutas e conquistas, é com muita alegria que vivenciamos essa celebração de 50 anos, marcado sempre pelo compromisso com a qualidade da formação de seus alunos. E como os desafios não cessam, a história das próximas décadas da FAPSS – SCS, continuará sendo escrita com muita dedicação, trabalho e honestidade.

  • 1930

    Surgem os primeiros movimentos organizados no Brasil, com o intuito da criação do Serviço Social no Brasil.
  • 1932

    Formação do Centro de Estudos e Ação Social (CEAS), com a finalidade de contribuir para a divulgação dos princípios da ordem social cristã, com a preocupação de preparar “trabalhadores sociais”.
  • 1936

    Criação da Escola de Serviço Social (ESS), que recebeu apoio das autoridades eclesiásticas, com a ministração do curso para mulheres.
  • 1938

    Criação do curso noturno para homens que tinham interesse em ingressar na área do Serviço Social.
  • 1939

    Mudança do curso noturno, para o período matutino. O intuito da mudança foi restringir o número de formados, pois entendia-se que tinham que formar profissionais, apenas para a demanda da época. E como os homens trabalhavam durante o dia, haveria poucos interessados no curso.
  • 1940

    Surgimento do Instituto de Serviço Social (ISS), proveniente da luta de assistentes sociais e professores que lutaram para fundar um estabelecimento para a formação de assistentes sociais masculinos.
  • 1946

    O Instituto de Serviço Social se torna uma faculdade agregada à Pontifícia Universidade Católica (PUC).
  • 1962

    Mudança do nome Instituto de Serviço Social para Faculdade Paulista de Serviço Social [São Paulo].
  • 1966

    Fundação da Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul – FAPSS-SCS, iniciando a sua primeira turma.
  • 1969

    Formatura da primeira turma de assistentes sociais da FAPSS – SCS
  • 1972

    A FAPSS-SCS se desvincula da PUC-SP, se tornando uma instituição independente.
  • 1974

    Reconhecimento dos órgãos legais, sob o Decreto Federal nº. 74.349/74, 02/08/1974.
  • 1977

    Ocupa prédio cedido pela prefeitura de São Caetano do Sul, Av. Paraíso, 600 – Vl. Nova Gerti, onde funcionou por 30 anos, formando inúmeros assistentes sociais.
  • 2009

    Encerra-se em 30/03/2009, conforme documento 9.904/2009, contrato de comodato do prédio situado a Av. Paraíso, 600, firmado com a Prefeitura de São Caetano.
  • 2014

    Aula inaugural em novo endereço: Rua João Pessoa, 223 – Centro – São Caetano do Sul
  • 2015

    Divulgação da portaria SERES/MEC nº 344, com publicação no D.O.U de 06/05/2015, que autoriza a FAPSS-SCS, a oferecer o curso de Pedagogia.
  • 2016

    Divulgação da portaria SERES/MEC nº 134, com publicação no D.O.U de 06/05/2016, que autoriza a FAPSS-SCS, a oferecer o curso de Gestão de Recursos Humanos
  • 2016

    Divulgação da portaria SERES/MEC nº 770, com publicação no D.O.U de 01/12/2016, que autoriza a FAPSS-SCS, a oferecer o curso de Artes Visuais

A Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul - FAPSS-SCS, com limite territorial de atuação no município de São Caetano do Sul, Estado de São Paulo, é um estabelecimento isolado de ensino superior, mantida pela Sociedade de Serviço Social, CNPJ 45.707.205/0001-40, pessoa jurídica de direito privado, sem finalidade lucrativa, com sede e foro na cidade de São Paulo/SP e com seu Estatuto registrado no Cartório de Pessoas Jurídicas do município de São Paulo. O Projeto Institucional da FAPSS-SCS concretiza-se através de uma Política Acadêmica Institucional moderna, que tem como dimensão ética à construção da cidadania enquanto patrimônio coletivo da sociedade civil. Desta forma, apresentamos o Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI integrado ao Projeto Pedagógico Institucional – PPI como parte do processo de institucionalização que visa ordenar sua existência, seguindo diretrizes que orientam o seu desenvolvimento e consolidam sua proposta de Faculdade diferenciada, que prioriza a qualidade acadêmica em todos os níveis.
Fundada em 17 de janeiro de 1966, a Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul foi a primeira instituição de ensino superior de São Caetano do Sul, a segunda a ser implantada na região do ABC. Recebeu do Conselho Federal de Educação os pareceres CFE nº 1.064/74 e CFE nº 1.664/74. Iniciou suas atividades em prédio da Prefeitura do município de São Caetano do Sul, Avenida Goiás, 2000. Instalada na cidade por solicitação do então prefeito Walter Hermógenes Braido, a Sociedade de Serviço Social, entidade mantenedora, a FAPSS, SCS, continua no município, atuando por meio de professores, assistentes sociais e estagiários na sociedade e comunidade sulsancaetanense. Reconhecida pelo Decreto Federal nº 74.349/74, a Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul vem funcionando ininterruptamente há 50 anos, tendo diplomado 46 turmas de assistentes sociais, ou cerca de 2 mil profissionais, a maioria atuando nas grandes empresas do ABC, como: Volkswagen, Mercedes Benz, Ford, Pirelli, General Motors do Brasil, Scania, Prensas Schüller, TRW, Firestone, Brastemp, Cofap, Fram, Basf e outras, em todas as Prefeituras da Região, em autarquias, nas universidades Metodista, Imes, Fundação Santo André, nas Secretarias Estaduais e municipais, instituições de utilidade pública, civis e religiosas, em organizações não governamentais (ONGs) e assistenciais, envolvendo crianças, adolescentes, adultos e idosos como foco de atuação.
“A FACULDADE PAULISTA DE SERVIÇO SOCIAL DE SÃO CAETANO DO SUL tem como missão exercer uma ação integrada das suas atividades educacionais visando a geração, a sistematização e disseminação do conhecimento, para a formação de profissionais empreendedores capazes de promover a transformação e o desenvolvimento social, econômico e cultural da comunidade em que está inserida”.
A Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul - FAPSS-SCS é pessoa jurídica de direito privado constituída em sentido estrito. A finalidade de nossa Instituição de Educação em Ensino Superior é estimular a criação cultural e o desenvolvimento do profissional, propiciando condições de educação ao homem, como sujeito e agente de seu processo educativo e de sua história, pelo cultivo do saber, em suas diferentes vertentes, formas e modalidades. Sabidamente, as sociedades têm sofrido fortes impactos provocados pelo frequente emprego de novas tecnologias que, constantemente, alteram hábitos, valores e tradições que pareciam imutáveis. A educação do cidadão de forma continuada, verticalizando-se com a aquisição de complexas competências, é fundamental para o desenvolvimento do país. Neste sentido, a agilidade e a qualidade na formação de graduados, ligados diretamente ao mundo do trabalho, viabilizarão o aporte de talentos humanos necessários à competitividade, ao mesmo tempo em que amplia as oportunidades de novos empreendimentos. Os Cursos Superiores surgem como uma das principais respostas do setor educacional às necessidades e demandas da sociedade brasileira. Criando condições para quebrar as amarras que os burocratizavam, flexibilizando-os e possibilitando a sua contínua adequação às tendências contemporâneas de construção de itinerários de profissionalização e de trajetórias formativas e de atualização permanente, em consonância com a realidade laboral dos novos tempos. A Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul - FAPSS-SCS possui os seguintes fins ideais: 1. contribuir para a formação de pessoas nas diferentes áreas de conhecimento profissional, aptos para a inserção em setores e para a participação no desenvolvimento da sociedade cristã brasileira; 2. incentivar o trabalho de pesquisa científica, visando ao desenvolvimento da ciência e tecnologia, da criação e difusão da cultura; 3. promover a divulgação de conhecimentos culturais, científicos e técnicos que constituem patrimônio da humanidade através do ensino, de publicações e de outras formas de comunicação; 4. suscitar o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e profissional integrando os conhecimentos que vão sendo adquiridos numa estrutura intelectual sistematizadora do conhecimento de cada geração; 5. possibilitar o conhecimento dos problemas do mundo, em particular os nacionais e regionais, prestando serviços especializados à comunidade e estabelecendo com esta uma relação de reciprocidade; 6. promover a extensão, aberta à participação da população, visando a difusão das conquistas e benefícios da criação cultural e da pesquisa tecnológica geradas na instituição. 7. promover, no exercício de suas atividades de ensino, pesquisa e extensão, o desenvolvimento harmônico e integrado de sua comunidade, com vista ao bem-estar social, econômico, político e espiritual do homem; 8. preservar os valores éticos, morais, cívicos contribuindo para aperfeiçoar a sociedade, na busca do equilíbrio e bem estar do homem; 9. ser uma instituição aberta à sociedade, contribuindo para o desenvolvimento de todas as faculdades intelectuais, físicas e espirituais do homem. Essa concepção aponta para uma educação em processo contínuo e autônomo, fundamentada no desenvolvimento de competências exigíveis ao longo da vida profissional das pessoas. Estabelecendo padrão no desenvolvimento de um processo pedagógico que garanta uma formação básica sólida, com espaços amplos e permanentes de ajustamento às rápidas transformações sociais geradas pelo desenvolvimento do conhecimento, das ciências e da tecnologia. Em suma, os projetos políticos pedagógicos da Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul - FAPSS-SCS caminham para a criatividade e a inovação, condições básicas para atendimento das diferentes vocações e para o desenvolvimento de competências para atuação social e profissional em um mundo exigente. Assim, consoante com as Diretrizes Curriculares Nacionais e com os princípios definidos pela reforma da Educação, os currículos dos Cursos Superiores da Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul - FAPSS-SCS serão estruturados em função das competências a serem adquiridas e serem elaborados a partir das necessidades oriundas do mundo moderno. O objetivo é o de capacitar o estudante para o desenvolvimento de competências que se traduzam na aplicação, no desenvolvimento (pesquisa aplicada e inovação) e na difusão de conhecimento, na gestão de processos e na criação de condições para articular, mobilizar e colocar em ação conhecimentos, habilidades, valores e atitudes para responder, de forma original e criativa, com eficiência e eficácia, aos desafios e requerimentos do mundo atual.
Com o objetivo de produzir e transmitir conhecimentos e experiências destinados a propiciar ao ser humano a construção do seu projeto de vida, que lhe dê acesso, segundo suas necessidades, aos bens e serviços que a civilização oferece. E, também, assegurar-lhe a participação na construção de uma sociedade mais humana, mais justa, mais cooperativa e mais pluralista. Esta instituição de ensino superior possui a convicção profunda de que atualmente é mais importante formar do que transmitir conhecimentos porque a sociedade de hoje nos pede profissionais polivalentes e com a clara consciência de que terá que se adaptar a quaisquer circunstâncias e atividades diferentes. A FAPSS-SCS está empenhada no desenvolvimento de suas funções com ações voltadas para a transdisciplinaridade. Não se limitará a considerar a ciência e a tecnologia, mas refletirá sobre os seus usos, possibilidades e limites. Considera, ainda, imprescindível levar em conta as tendências da realidade socioeconômica e cultural do país e a criação de um sistema de valores, suficientemente abrangente e culturalmente significativo, capaz de orientar a ação do futuro profissional, por meio de uma ética profissional consistente, embasada em princípios de respeito ao próximo e de respeito a si mesmo. A LDB, incorporando o estatuto da convivência democrática, estabelece que o processo de elaboração, execução e avaliação do projeto pedagógico é essencial para a concretização da autonomia da escola. O processo deve ser democrático. Assim, nossa proposta pedagógica é a “marca registrada” da escola, que configura sua identidade e o seu diferencial.
São objetivos específicos da Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul - FAPSS-SCS: a. Estimular a criação cultural e o desenvolvimento do espírito científico-tecnológico do pensamento reflexivo do futuro profissional. b. Formar cidadãos/profissionais, em cursos e programas de nível superior. c. Estimular e apoiar práticas investigativas, desenvolvidas por professores e alunos, estes, sob a supervisão docente. d. Estender à comunidade social cursos e programas, a partir do ensino e da pesquisa desenvolvidos no âmbito da faculdade. e. Promover intercâmbio e cooperação com instituições de ensino dos diversos graus, tendo em vista o desenvolvimento da educação, da cultura, das artes, das ciências e da tecnologia. f. Participar no processo de desenvolvimento sócio-econômico regional, como organismo de consulta, assessoramento e prestação de serviços, em assuntos relativos aos diversos campos do saber em que atuar. g. Promover cursos de pós-graduação, de atualização, de extensão e de treinamento profissional, a fim de atender aos reclamos da sociedade em que está inserida. h. Promover a divulgação de conhecimentos culturais, científicos e técnicos que constituem patrimônio da humanidade e difundir o saber através do ensino, de publicações ou de outras formas de comunicação; i. Orientar as práticas investigativas e a extensão como suporte qualitativo ao ensino de graduação. j. Desenvolver competências gerenciais orientadas para resultados, a fim de aperfeiçoar processos e fluxos de trabalho. k. Desenvolver competências profissionais tecnológicas para a gestão de processos de produção de bens e serviços; l. Promover a capacidade de continuar aprendendo e de acompanhar as mudanças nas condições de trabalho, bem como propiciar o prosseguimento de estudos em cursos de pós-graduação; m. Cultivar o pensamento reflexivo, a autonomia intelectual, a capacidade empreendedora e a compreensão do processo, em suas causas e efeitos, nas suas relações com o desenvolvimento do espírito científico; n. Incentivar a produção e a inovação científico-tecnológica, a criação artística e cultural e suas respectivas aplicações no mundo do trabalho; o. Adotar a flexibilidade, a interdisciplinaridade, a contextualização e a atualização permanente dos cursos e seus currículos; p. Garantir a identidade do perfil profissional de conclusão de curso e da respectiva organização curricular.
Recredenciar a IES, autorizar e reconhecer todos os cursos Superiores de Graduação propostos conforme cronograma estabelecido no item Cursos Pretendidos - PDI, com o conceito mínimo (04 quatro), até 2020.
A Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul - FAPSS-SCS está alicerçada em valores, que é o cerne das definições da construção da sociedade almejada. Além disso, orienta-se por uma educação emancipatória que colabore para uma sociedade mais justa. Numa postura ética de esperança, que sustenta a crença de que tanto o compromisso social quanto o individual possam ser mantidos, a área de atuação acadêmica procura dimensões fundamentais da personalidade humana como participação social, ação comunicativa orientada para o entendimento, auto-estima e relações interpessoais. Envolve uma nova racionalidade, a comunicativa, que nos leva permanentemente à busca de um consenso, fruto do diálogo intersubjetivo. A IES atua na área educacional e formativa e atualmente vem desenvolvendo um trabalho educacional pautado na qualidade e modernidade, formando e aperfeiçoando profissionais nas áreas de:
• Ciências Humanas;
• Ciências Sociais Aplicadas;
Tendo como objetivo a ampliação de cursos das áreas de sua atuação, desta maneira, aumentando o leque de cursos a serem oferecidos e implementando o seu Plano de Desenvolvimento Institucional.
Tendo em vista o referencial teórico do projeto acadêmico da Instituição, em seus enfoques contextual, conceitual e operacional, e a concepção de Graduação resumidamente aqui indicada, destacam-se alguns de seus princípios norteadores:
• Do geral para o particular: facilitando ao acadêmico ter sempre uma visão global do curso e da profissão, norteando seus passos e situando-o adequadamente em cada pormenor de sua formação;
• Do concreto para o abstrato: situando a teoria numa perspectiva de realidade concreta, de forma que o acadêmico realize sua análise e elabore sua síntese, ou seja, sua visão abstrata;
• Do sensível para o racional: elucidando que Educação é arte e arte é forma de conhecimento, já que “nada existe no intelecto que antes não tenha passado pelos sentidos”;
• Do empírico para o científico: orientando o acadêmico a construir sua formação teórico-científica de educador especialista, a partir de suas experiências pessoais anteriores;
• Do lúdico para o formalizado: facilitando ao acadêmico obter condições de formalizar conhecimentos a partir de um ambiente harmonioso com liberdade para criar, de diálogo intersubjetivo, de consenso compartilhado;
• Do qualitativo para o quantitativo: desenvolvendo no acadêmico uma percepção ajuizada para reconhecer a natureza do fenômeno estudado, captando suas qualidades, suas relações internas e externas para depois partir, então, para a quantificação;
• Do desempenho para a competência: associando teoria e prática, de forma que nosso diploma fornecido possa “realmente” traduzir-se em competência profissional.
As Políticas de Ensino da Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul - FAPSS-SCS serão articuladas com o desenvolvimento das atividades acadêmicas, de forma a conferir unidade e organicidade aos objetivos do ensino, da pesquisa e da extensão, a partir do projeto pedagógico do curso;
Estimular um processo permanente de avaliação do trabalho pedagógico, acadêmico e político, adequados às necessidades locais e regionais, levando a FAPSS-SCS a assumir a "consciência crítica" da sociedade e sua efetiva participação na realidade concreta, seus impasses e alternativas; Preservar a liberdade, a autonomia escolar e a consciência crítica dos diversos departamentos, tendo como objetivo a solução, a valorização de temas e teorias pertinentes a uma qualificação do ensino e suas propostas, buscando realizar e requerer, a guiza do plano pedagógico do curso:
1. Professores constantemente atualizados, adequadamente qualificados e em tempo disponível;
2. Adoção de metodologias identificadas com a instituição para o desenvolvimento didático - pedagógico;
3. Busca da interdisciplinaridade e da transdisciplinaridade, visando à articulação de ações na busca de objetivos comuns
; 4. Atualização de currículos e programas de ensino, adequando-os à evolução da ciência, às necessidades dos alunos e professores, à realidade conjuntural, da política e da vida social;
5. Aprimoramento do processo avaliativo;
6. Entrosamento dos corpos docente - discente - técnico-administrativo, visando ampliar a participação acadêmica;
7. Valorização dos recursos humanos na perspectiva de mudança para o exercício de atividades dentro e fora do contexto acadêmico;
8. Manutenção e ampliação constante de infra-estrutura adequada, bem como de equipamentos, laboratórios, bibliotecas, instrumentos de ensino, aprendizagem e multimeios permanentemente atualizados;
9. No futuro ensino de pós-graduação nos níveis de “lato - sensu” e de “stricto - sensu”;
10. Propiciar condições para o planejamento e a realização futura de pesquisas, com a finalidade de preparar pesquisadores e o desenvolvimento da investigação científica, fornecer elementos necessários para a formação do professor;
11. Oferecer condições para vincular a reflexão crítica e sistemática do pesquisador sobre questões atuais e as peculiaridades sócios culturais brasileiras;
12. Aperfeiçoar a qualificação docente em exercício na própria instituição, preocupando-se com a contratação de docentes de competência comprovada a nível estadual e nacional, para a ministração desses cursos, somando experiências úteis ao desenvolvimento da pós-graduação;
13. Atender aos anseios regionais em graus de aperfeiçoamento, extensão e especialização e oferecer apoio aos profissionais principalmente da região onde se instala a Faculdade, com treinamento profissional avançado;
14. Desenvolver, no nível de graduação, as monitorias importantíssimas e um sistema também de incentivo aos alunos percebidos como vocacionáveis para a pesquisa e pós-graduação, incentivando a continuação de seus estudos em Mestrado e Doutorado.