Em Breve.
Cabe aos cursos superiores de tecnologia, nas palavras da Resolução CNE/CP n.º 03, de 18/12/2002, artigo 2º, “incentivar o desenvolvimento da capacidade empreendedora e da compreensão do processo tecnológico em suas causas e efeitos” e “incentivar a produção e a inovação científico-tecnológica e suas respectivas aplicações no mundo do trabalho”.

Em virtude de seu porte, e da realidade socioeconômica local, e também da própria vocação da Instituição, que está mais diretamente ligada às demandas do mercado de trabalho local, os cursos superiores de tecnologia visam a aumentar o quociente de empregabilidade de seus egressos.

São características básicas dos cursos superiores de tecnologia:
- a Educação Profissional, considerando o avanço do conhecimento tecnológico e a incorporação crescente de novos métodos e processos de produção e distribuição de bens e serviços;
- a atuação prioritária na área tecnológica nos diversos setores da economia;
- a conjugação no ensino da teoria com a prática;
- a oferta de formação especializada, levando em consideração as tendências do setor produtivo;
- o desenvolvimento do processo educacional que favoreça, de modo permanente, a transformação do conhecimento em bens e serviços em benefício da sociedade;
- a qualificação, requalificação e reprofissionalização do profissional; e
- a formação de profissionais e especialistas na área tecnológica.

A implementação do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos tem como objetivo desenvolver competências associadas à utilização dos métodos e técnicas modernas da área de gestão aplicadas aos recursos humanos – especificamente as funções e sub funções ligadas ao planejamento dos processos de recursos humanos, ciclos de pessoal e ao controle e gestão de recursos humanos.

Esse profissional, o tecnólogo, analisa(rá) o mercado, constantemente, podendo planejar as estratégias e gerenciar as relações entre os funcionários e a empresa; coordenar os processos de seleção e admissão; os planos de carreira/os programas de incentivo (implantação e implementação de planos de carreira e programa de benefícios); de treinamento e de capacitação dos profissionais da empresa; desenvolver estratégias de mercado; definir, analisar e cumprir as metas da organização - através de pesquisas, avaliação e desempenho dos recursos humanos, para detectar novas tendências e buscar novas oportunidades de ampliação dos negócios, estabelecendo parcerias com departamentos da empresa e prestadores de serviços (agências terceirizadas de recrutamento, seleção e treinamento), com o objetivo de otimizar os processos das atividades de recursos humanos.

O curso, além de desenvolver a formação tecnológica, criará condições para que o aluno desenvolva a sua capacidade de aprender a aprender, aprender a fazer, aprender como e por que fazer; o seu nível de organização pessoal e no trabalho; a sua habilidade de interagir em equipe e facilidade de adaptação a novos contextos; a sua capacidade de criatividade; espírito inovador; de liderança; de iniciativa; habilidade de articulação; capacidade de organização, de decisão, de síntese, de crítica, de trabalhar sob pressão, de liderança; ousadia; senso prático; habilidade empreendedora e consciência de cidadania e princípios éticos.

Na escolha do curso, ora proposto, foi considerada a demanda do estado/região/país, nos setores afins, visando oferecer ao mercado de trabalho um profissional especializado e atualizado, em condições de atender à demanda. O Curso de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos tem como objetivo principal:

- formar tecnólogos em Recursos Humanos, com capacidade de planejar e organizar os diversos segmentos do processo gerencial de RH;
- gerenciar os recursos humanos e as atividades da empresa, buscando uma maior eficiência e produtividade. O objetivo principal do tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos é conseguir uma excelência na administração e no processo de gestão de talentos humanos, por meio de planejamentos, estudos organizacionais, projetos gerenciais e pesquisas, na busca da eficácia e otimização nas empresas. >br>
Orientada estas diretrizes, a IES entende que pode colaborar para o desenvolvimento local e regional, na medida em que tem as condições acadêmico-pedagógicas necessárias para conceber e oferecer programas de formação continuada, de caráter mais aplicado, especificamente destinado para as categorias a seguir elencadas:

- Todos aqueles que já estejam inseridos no mercado de trabalho, mas que se reconheçam motivados para investir em programas de reciclagem que assegurem o alcance de melhores resultados em termos profissionais;
- Todos aqueles que já estejam inseridos no mercado de trabalho, mas se reconheçam motivados para investir em projetos de diversificação de atividades profissionais;
- Todos aqueles que já estejam inseridos no mercado de trabalho, mas se reconheçam motivados para investir todos os esforços possíveis na possibilidade de conquistar uma promoção funcional;
- Todos aqueles que desejam aproveitar os benefícios e incentivos para investigar a viabilidade econômico-financeira da criação de um novo negócio. E que, para isto, tenham consciência de que os risco s se reduzem na medida em que as competências para tomar decisões, com reduzidas margens de erro, se ampliam com uma formação adequada. Consequentemente, dependem de um acervo diferenciado de conhecimentos novos, do desenvolvimento de competências derivadas do conceito de empreendedorismo e de uma visão estratégica do negócio de maior interesse; e
- Todos aqueles que temporariamente estejam à margem do mercado de trabalho e justamente por isso desejam desenvolver competências mais orientadas pelas demandas do mercado de trabalho.
Em Breve.
Em Breve.
Em Breve
Em Breve
Autorizado pela Portaria SERES/MEC n° 134 publicada em 06/05/2016

Inscreva-se para o Curso de Gestão de Recursos Humanos

Nome (Obrigatório)

Email (Obrigatório)

Telefone (Obrigatório)

Curso (Obrigatório)