Sobre Nós

aniversario50anos  A Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul (FAPSS – SCS), comemora 50 anos de fundação e sua história sempre esteve interligada com o desenvolvimento do curso de Serviço Social, no Brasil.

Esta faculdade se originou para preencher uma lacuna na cidade de São Caetano, que era a ausência de uma faculdade, e ao longo dos anos, tornou-se uma instituição sólida e independente, se tornando referência na formação de assistentes sociais na região.

Ao completar 50 anos, a FAPSS – SCS, olha para trás, e contemplando a sua história, constata com satisfação que está diante de uma história construída por personagens idealistas, sonhadores, cheios de emoção, coragem e determinação.

Muitos dos alunos da FAPSS-SCS se tornaram profissionais marcantes no cenário político e social da cidade, do país, e também do exterior, o que é motivo de orgulho para essa renomada instituição.

Por todas as lutas e conquistas, é com muita alegria que vivenciamos essa celebração de 50 anos, marcado sempre pelo compromisso com a qualidade da formação de seus alunos.

E como os desafios não cessam, a história das próximas décadas da FAPSS – SCS, continuará sendo escrita com muita dedicação, trabalho e honestidade.

FAPSS X SERVIÇO SOCIAL

RELAÇÃO INTRÍNSICA

 

O Surgimento da Faculdade Paulista de Serviço Social e o Curso de Serviço Social no Brasil, estão ligados de forma intrínseca:

 

Cronologia:

 

1930 – Surgem os primeiros movimentos organizados no Brasil, com o intuito da criação do Serviço Social no Brasil.

 

1932 – Formação do Centro de Estudos e Ação Social (CEAS), com a finalidade de contribuir para a divulgação dos princípios da ordem social cristã, com a preocupação de preparar “trabalhadores sociais”.

 

1936 – Criação da Escola de Serviço Social (ESS), que recebeu apoio das autoridades eclesiásticas, com a ministração do curso para mulheres.

 

1938 – Criação do curso noturno para homens que tinham interesse em ingressar na área do Serviço Social.

 

1939 – Mudança do curso noturno, para o período matutino. O intuito da mudança foi restringir o número de formados, pois entendia-se que tinham que formar profissionais, apenas para a demanda da época. E como os homens trabalhavam durante o dia, haveria poucos interessados no curso.

 

1940 – Surgimento do Instituto de Serviço Social (ISS), proveniente da luta de assistentes sociais e professores que lutaram para fundar um estabelecimento para a formação de assistentes sociais masculinos, sem

restrição de horário.

 

1946 – O Instituto de Serviço Social se torna uma faculdade agregada à Pontifícia Universidade Católica (PUC).

1962 – Mudança do nome Instituto de Serviço Social para Faculdade Paulista de Serviço Social [São Paulo].

1966 – Fundação da Faculdade Paulista de Serviço Social de São Caetano do Sul – FAPSS-SCS, iniciando a sua primeira turma.

1969 – Formatura da primeira turma de assistentes sociais da FAPSS – SCS

1972 – A FAPSS-SCS se desvincula da PUC-SP, se tornando uma instituição independente.

1974 – Reconhecimento dos órgãos legais, sob o Decreto Federal nº. 74.349/74, 02/08/1974.

1977 – Ocupa prédio cedido pela prefeitura de São Caetano do Sul, Av. Paraíso, 600 – Vl. Nova Gerti, onde funcionou por 30 anos, formando inúmeros assistentes sociais.

2009 – Encerra-se em 30/03/2009, conforme documento 9.904/2009, contrato de comodato do prédio situado a Av. Paraíso, 600, firmado com a Prefeitura de São Caetano.

2014 – Aula inaugural em novo endereço: Rua João Pessoa, 223 – Centro – São Caetano do Sul

2015 – Divulgação da portaria SERES/MEC nº 344, com publicação no D.O.U de 06/05/2015, que autoriza a FAPSS-SCS, a oferecer o curso de Pedagogia.

Década de 60

 

Em 1965, por interesse da prefeitura de São Caetano do Sul, que visava oferecer à população, o ensino superior, o prefeito Hermógenes Walter Braido, assina lei que autoriza a instalação de um curso de graduação em Serviço Social na cidade.

 

 

A Faculdade Paulista de Serviço Social-SP, ainda vinculada à PUC, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, promoveu gestões para a criação de um curso de graduação em Serviço Social na cidade, como sua extensão.

 

Essa notícia repercutiu de forma positiva na cidade nas cidades vizinhas, recebendo destaque no “Jornal São Caetano”, e também no jornal “New Seller”, atual Jornal Diário do Grande ABC.

 

 

Transcrição literal da notícia:

FACULDADE DE ASSISTENCIA SOCIAL EM S. CAETANO: 1966

Para o próximo ano letivo SCS poderá contar com uma Faculdade de Assistência Social. Esse foi o resultado da visita que diretores da Faculdade Paulista de Serviço Social da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, professor Alfredo Altie, diretor Sr. Francisco Pascoal, assistente da diretoria e dr. Aldo Enio Franscisco Sinispalli, presidente do Serviço Social, no dia 14 último fizeram ao Prefeito Walter Braido: O interesse demostrado por ambas as partes prevê uma solução rápida para a instalação do estabelecimento de Ensino Superior. Dependendo tão-somente dos detalhes para assinatura do convênio. A prefeitura fornecerá o prédio. Os visitantes tiveram oportunidade de inspecionar o Grupo Escolar D. Benedito, V. Paula, considerando-o perfeitamente adaptável, cabendo a Faculdade a instalação propriamente dita.

A importância de tal empreendimento reside principalmente na oportunidade que se vai oferecer às dezenas de jovens que terminam o normal para que possam seguir os estudos em sua própria cidade.

Fonte: Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul

 

Fonte: Jornal New Seller – 30/09/1965, p. 3

 

Fonte: News Seller – 26/12/1965

 

Fonte: News Seller – 27/02/1966

Fonte: News Seller – 03/03/1966 – p. 3

O ano de 1966 foi importante para a cidade, pois a FAPSS – São Caetano do Sul, foi fundada em 01 de março de 1966, e foi reconhecida pelo Decreto Federal nº. 74.349/74, 02/08/1974.

Foi a primeira instituição de ensino superior na cidade de São Caetano do Sul, e uma das pioneiras a oferecer o curso de Serviço Social no Brasil.

Conforme o documento legal expedito pela Prefeitura de São Caetano, a faculdade ocupou, temporariamente, o endereço no Grupo Escolar D. Benedito, que hoje, existe no mesmo endereço, sendo denominado, não mais grupo, e sim EMEIF, cuja fachada, está representada na imagem abaixo:
 

 

 

 

 

Fonte: Google Imagens Acesso em: 02/05/2016

 

Por volta de 1968, a Faculdade mudou para o prédio construído pela Prefeitura de São Caetano.

O endereço escolhido foi a Av. Goiás, 2000.

Não foi encontrado foto do local, da época, porém, o endereço segue ilustrado por duas imagens:

 

Atualmente (2016), o número 2.000 da Av. Goiás está ocupado pela Polícia Miliar.
Na década de 80, o antigo endereço da FAPSS-SCS, foi ocupado pela Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas.

Fonte: Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul

 

 

 

 

 

Fonte: Google imagens. Acesso em 01/05/2016

 

 

Foi com muito orgulho que no ano de 1969, a FAPSS-SCS comemora a formatura de sua 1º primeira turma de assistentes sociais.

 

Aluna Marly Teixeira Coelho sendo parabenizada pela formatura
Em primeiro plano, a aluna Marly Teixeira Coelho no dia da formatura.

 

 

 

 

DÉCADA DE 70

 

Em 1970, dentro do seu projeto de formar assistentes sociais, a FAPSS-SCS, concretizou a formatura da 2ª turma do Curso de Serviço Social

 

 

 

 

 

 

 

 

Profº     José Pinheiro Cortez, o paraninfo da turma, entre alunas: à direita Mercedes Sanches Graça
Aluna Mercedes Sanches Graça, recebendo o diploma

 

 

 

 

 

Aluna Ana Maria Moraes Ferreira, fazendo o juramento
Turma no momento do juramento

 

 

 

 

 

A frente, prefeito Hermógenes Walter Braido, o patrono da 2º turma de formandos do Curso de Serviço Social da FAPSS-SCS

 

Em 1972, o Conselho Federal de Educação, autorizou o curso de Serviço Social de São Caetano do Sul foi autorizado a funcionar independentemente, desligando-se da PUC – SP e passando a funcionar como Instituto Superior isolado.

Em 1974, foi oficialmente reconhecido pelo Decreto Federal nº. 72.249.

 

Alargamento da Av. Goiás

 

Quando assumiu a prefeitura pela segunda vez, em 1973, o prefeito Walter Braido delineou o alargamento da avenida Goiás.

Com essa ação vários imóveis foram desapropriados e demolidos, inclusive parte do prédio onde funcionava a FAPSS-SCS, se tornando inviável a sua permanência naquele local.

Quando se concluiu o processo de desapropriação do prédio da Av. Goiás, em virtude de seu alargamento, o ano de 1977 foi marcado pela concessão da Prefeitura de São Caetano, de um prédio para uso da Faculdade Paulista de são Caetano do Sul, em regime de comodato, por 30 anos.

 

FAPSS-SCS em novo endereço

 

O novo endereço da FAPSS-SCS, foi a Av. Paraíso, 600 – Vl. Nova Gerti – São Caetano do Sul.

 

 

No novo endereço da Av. Paraíso a faculdade recebeu um amplo espaço, onde pôde desenvolver vários projetos, que englobava toda a comunidade externa, o corpo docente e discente.

 

Lateral da FAPSS-SCS, na Av. Paraíso, 600 – Nova Gerti – São Caetano do Sul, em 1996.

Fonte: Diário do Grande ABC, 30/01/1996

Lateral da FAPSS-SCS, na Av. Paraíso, 600 – Nova Gerti – São Caetano do Sul (2004)

DÉCADA DE 80

Muitas turmas de assistentes sociais, foram formadas, para alegria de seus diretores, mantenedores e funcionários, que puderam dar continuidade na missão da instituição.

Dessa década destacamos as seguintes publicações:

 

 

 

A década de 80 foi de muita efervescência para a faculdade.

Foram criados grupo de teatro de coral, que teve grande impacto na vida de todos que fizeram parte da instituição.

Encenações de peças teatrais

 

Apresentações de coral

 

 

 

Muitas turmas de assistentes sociais foram formadas, que deram continuidade no projeto ético-político do Serviço Social.

 

 

 

 

Década de 2000

 

A década de 2.000, foi marcada por muitos desafios e muitas lutas para a FAPSS-SCS.

Após o fim do contrato de comodato, em 30 de março de 2009, de acordo com Decreto 9.904 de 01/07/2009 da Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul, a faculdade deixou o endereço da Av. Paraíso.

Como consequência, a FAPSS-SCS foi alocada em três endereços diferentes, sendo acolhida pelas seguintes instituições de São Caetano do Sul:

 

– Universidade de São Caetano do Sul – Campus I

 

– Universidade de São Caetano do Sul – Campus II

 

– Colégio Fênix

Outro fato marcante para a faculdade, nessa década, foi a sua emancipação.

A FAPSS-SCS rompeu definitivamente os laços com a FAPSS-SP, onde passou a funcionar com diretrizes e regulamentos próprios.

 

Nova sede

 

No ano de 2014, a FAPSS-SCS, para alegria de todos, passou a funcionar na Rua João Pessoa, no Centro de São Caetano do Sul.

Ocupa um prédio amplo, possibilitando a perfeita interação entre alunos, professores, coordenadores e funcionários, continuando a sua missão de formar profissionais competentes e éticos.

 

 

2015

 

A FAPSS-SCS, em busca de novos horizontes, resolve ampliar a oferta de cursos de graduação, e em 2015 recebe autorização do MEC para oferecer o Curso de graduação em Pedagogia.

De acordo com PORTARIA Nº – 334, DE 5 DE MAIO DE 2015

 

Símbolo do Curso de Pedagogia

 

 

 

 

Essa ação implementada pela faculdade, foi uma das primeiras que visam, num futuro próximo, uma ampliação a oferta de cursos, mantendo sempre a tradição de elevada qualidade de ensino.

 

 

 

DIRETORES DA FAPSS-SCS, AO LONGO DE SEUS 50 ANOS

 

Profº. Alfredo Athie

Profº. Heliton Betetto

Profº. José Guy Siegl

Profº. Renato Motti

Profº. José Luiz Gaeta Paixão

Profº. Ismael

Profº. José Palma Bodra

Profº. Danilo Vieiro

Profª. Edinalva Lima de Almeida Beraldi (atual diretora)